Terça-feira, 1 de Fevereiro de 2011

Cartas à Mil Vezes Mais #2

Minha querida MVM,

 

Ainda na semana passada te escrevi, e hoje, sinto ter de te escrever de novo. Apetece-me reler. Reler-me. Relê-lo. Mas sei que no meu blogue não consigo voltar atrás. Não me sinto capaz de reler o tanto que escrevi. Apetece-me voltar atrás no dele, encontrar de novo os pedacinhos que foram meus, que são meus ainda. Sinto que ao mergulhar neles de novo, o sinto mais vivo, mais presente em mim. E sinto precisar disso: de o sentir vivo em mim. De o sentir mais perto.

Amanhã é quarta-feira, e havia um ritual de lhe ligar quase todas as quartas-feiras. E hoje ainda é terça-feira... e já me apetece ligar-lhe. MVM, eu não posso ligar-lhe todas as semanas! Eu não posso dizer-lhe que o quero ouvir, uma vez mais. Eu não quero que pense que...

Que raios faço eu com esta vontade... que me aparece, assim, de mansinho... por vezes ao cair da noite, outras logo ao acordar? Que raios se faz com este sentimento que nos inunda a alma? Será da fase da lua? Do movimento da Terra? Do alinhamento dos planetas? O que será que volta a acordar aquilo que eu pensava adormecido?

Sabes o que seria perfeito? Embalar esta melancolia no doce colo dele. Perfeito. Perfeito. Perfeito. Seria... perfeito. Sim... Perfeito.

 

 

Um abraço, Blue.

 

 

P.S. A nossa amiga Dani, tem o dom de acertar nas músicas. Regra geral, traduzem o que sinto, o que estou a sentir, os caminhos por onde o pensamento se emaranhou de novo nas recordações. Ontem, colocou-me este link, assim, de mansinho, sem dizer nada. Parece que adivinha. Desta vez antecipou-se. É a música que oiço agora enquanto te escrevo. São as notas desta música que acariciam o contorno do rosto dele... tão presente ainda. Tão... tudo.

 

 

 

música: Sem Perguntar - João Pedro Pais
tags: ,

publicado por blue258 às 21:21
link do post | dá-me um pouco da tua cor | favorito
|
25 comentários:
De mvm a 1 de Fevereiro de 2011 às 22:33
A letra da musica merece destaque, não é? Diz tanto. É verdade... não imaginas à quanto tempo não entro no mil vezes mais... Não imaginas a vontade de reler... mas no fundo, não é de reler, pois não? É de voltar atrás, é de que o tempo volte atrás... É de recuperar o que se perdeu.

Ambas sabemos que isso não é possivel.

Não queres o quê Blue? Não queres que ele pense o quê? Eu não sei, não estou a par do que se passou, mas sei de mim.. e sei que de tudo o que mais me custou foi isso mesmo... a ausência. O deixar de dizer só para o outro não pensar, o deixar de dizer que sim, que ainda é importante, mesmo que o seja de outra forma, que sim que ainda o guardamos, que ainda é especial, que sim que também custa a saudade, o impossivel, os sonhos por realizar, os momentos por viver...

Porque deixar de saber isso, foi... é... para mim o pior. Sinto-me como se nunca tivesse existido, quando na verdade tenho consciência de que não é isso que acontece.

Talvez perfeito, perfeito fosse seguir o coração no momento... mesmo que ainda não seja 4ª feira...

Eu não sei o que se faz... e estou mesmo a ver que quando te alcançar ainda não o vou saber...

Há perguntas que nunca vão ter respostas...

Beijinho grande querida


De blue258 a 1 de Fevereiro de 2011 às 23:47

«mas no fundo, não é de reler, pois não? É de voltar atrás, é de que o tempo volte atrás... É de recuperar o que se perdeu»

Será que te escrevo para ler o que sinto? Para que me digas o que quero?

Não quero que pense que sou louca...ou sei lá...estranha?

Quando me alcançares, vais sentir o que for no momento... raios... isto parece um retrocesso, embora não o seja. Pergunto-me se é carência, se é falta de... algo... especial?

Perguntas, respostas...palavras. Hoje estou cansada. Quero colo. Só quero colo.

Beijo.


De mvm a 2 de Fevereiro de 2011 às 09:11
São dias, são saudades, são memórias de momentos que marcam. Que fazem-nos sentir o que sentimos, ser o que somos.

Espero que tenhas conseguido descansar. O colinho eu dou-te, não é aquele colinho. Mas é o meu ;)

Beijinho linda...


De blue258 a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:07

Ainda passei lá de fugida. Contornei as esquinas, mas dei por mim a fechar os olhos. Não queria ler. Não queria recordar... com o medo de acordar um sentimento. Estava frio...tinha frio...sentia frio. Mergulhei debaixo dos cobertores e... olha só sei que queria colo. Aquele colo tão quente...

Hoje acordei e sinto-me parva. Por pensar assim, sentir desta forma, escrever o que escrevo. Ou me sinto mesmo parva, ou é a razão a dizer-me isso.

Obrigada pelo colo.

Beijinho...


De mvm a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:31

há passos que eu não consigo dar, ruas que não consigo percorrer... não ainda... porque ia acordar um sentimento que sei que não ia me fazer bem...

... não sei o que dizer.

Faltam as palavras...


De blue258 a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:32

não digas nada. hoje, também eu me calo. tem de ser.


De mvm a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:50

não digo não... tudo me ultrapassa...


De mvm a 2 de Fevereiro de 2011 às 11:23
"A paixão não altera o ciclo dos rios, não move montanhas, não abre fendas na terra. Mas altera o ciclo das vidas, o rumo dos corpos, o bater do peito, o estado da alma".

Retirado daqui (http://estoriascomrosto.blogspot.com/2011/01/superlativo-fantasioso.html).


De blue258 a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:04

lindo, lindo...


De Daniela Barreira a 1 de Fevereiro de 2011 às 23:23
eu sabia :)


De blue258 a 1 de Fevereiro de 2011 às 23:41
e só a ouvi hoje, mas já tinha de ser :)


De Daniela Barreira a 1 de Fevereiro de 2011 às 23:42
:))


De V.P. a 2 de Fevereiro de 2011 às 15:40
não conhecia esta música
tão simples e tão linda
amei Image 


De blue258 a 2 de Fevereiro de 2011 às 15:50
Esta vida é mesmo feita de coincidências: já estive na página de perfil do blog, vi lá um post teu e ia (vou) comentar. Pensei, ena, a V.P., já não comento há tanto tempo. E agora chego e vejo que passaste por aqui!


A música é linda realmente.


De V.P. a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:00
surpresa!
sempre apreciei e continuo a apreciar bastante o teu gosto musical :)
desleixo-me é com os comentários...
shame on me Image


De blue258 a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:02

deixa lá... eu também ando mais a leste. tento acompanhar mas é sempre de fugida.
shame on me too.


De V.P. a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:06

então vá, já as duas de castigo ali pr'ó cantinho!!! Image


De blue258 a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:14

depende de quem nos aplicar o castigo ;))


De V.P. a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:22
Image POIS!!!

olha, continuo a ouvir a música :)
isto quando bate, bate com força...


De blue258 a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:30

:)))

e para bater, o melhor mesmo é ser com força! ^^


De V.P. a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:32
Image ÉS MAROTA!


De blue258 a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:33

muito! e sou Touro, lembra-te disso ;))


De V.P. a 2 de Fevereiro de 2011 às 16:41
eh eh eh

ai as taurinas... Image
são umas marotas de 1ª... Image 


De mvm a 10 de Janeiro de 2012 às 14:01

Tenho saudades de falar contigo, vê se apareces Blue.

Abraço


De blue258 a 12 de Janeiro de 2012 às 16:02
Eu também. E não deixo de me lembrar de ti :)

Abraço. Daqueles.


Colorir

.10 anos, 10 razões :)

10 anos de Blogs do SAPO

.mais um pouco de azul


. procura-me

. segue-me

. 101 seguidores

.azuis recentes

. Where’s the light I used ...

. Maio

. And I'll do it a thousan...

. Abril

. ...

. Diz que é dia mundial do ...

. Só porque sim

. Para ti, enquanto não dou...

. Fevereiro

. Janeiro

.a cor da minha música

.pesquisa-me

 

.arquivos azuis

.azul também por aqui:

.links

.favoritos

. este mundo que nos ensina...

. passando, sem ficar.

. quando o medo te assalta.

. um abraço. o meu lugar.

. como comer sushi como um ...

. A Dani, segundo a MilVeze...

. ...

. abre parêntesis

. menos não (me) chega.

. 30 coisas sobre ti (que n...

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds