Domingo, 24 de Outubro de 2010

Say what you need to say

 

 

Take all of your wasted honor
Every little past frustration
Take all of your so-called problems,
Better put ‘em in quotations

Say what you need to say

Walking like a one man army
Fighting with the shadows in your head
Living out the same old moment
Knowing you’d be better off instead,
If you could only . . .

Say what you need to say

Have no fear for giving in
Have no fear for giving over
You’d better know that in the end
Its better to say too much
Then never say what you need to say again

Even if your hands are shaking
And your faith is broken
Even as the eyes are closing
Do it with a heart wide open

Say what you need to say


publicado por blue258 às 12:14
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (4) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

...

Espera-me uma cama vazia. Mas já não sinto o vazio em mim.

 

 

Wired and I'm tired
Think I'll sleep in my clothes on the floor
Or maybe this mattress will spin on its axis
And find me on yours

 

 


publicado por blue258 às 02:05
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (7) | favorito
|
Sábado, 31 de Julho de 2010

Half of my heart is a shotgun wedding

 

 

Oh half of my heart's got a grip on the situation
Half of my heart takes time
Half of my heart's got a right mind to tell you
That I can't keep loving you
Oh, with half of my heart
With half of my heart



publicado por blue258 às 19:38
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (7) | favorito
|

If you want more love,

why don't you say so?



publicado por blue258 às 19:32
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (12) | favorito
|
Domingo, 25 de Julho de 2010

Estórias do rio

E a estória é esta: estava no meio do rio, sozinha e já com frio, e de tanto tempo à espera, enquanto que o sangue me fervilhava nas veias, pus-me a pensar, vou mas é dar uma alta festa aqui mesmo no rio. Montes de gente e diversão a rodos. Porque é assim que a vida deve ser. Vivida, pelo menos. Pelo menos? Acima de tudo. E não podemos simplesmente passar por ela sem deixar mossa.

 

E porque eu deixei uma margem para atravessar para a outra. Pelo prazer, pelo incêndio que se afigurava no meu sangue. Entretanto vi-me no meio do rio, e insegura em terminar a passagem sozinha para o outro lado, ali me deixei ficar. Para trás não queria voltar, e ao continuar arriscava-me a cair à água e a não ter ninguém naquela margem que me desse a mão. E ali fiquei. E agora penso em fazer ondas e em fazer barulho. Em atirar-me ao rio, agitar as águas, nadar e mergulhar. Em molhar a roupa, em secar-me nessa mesma margem, em repousar e ficar estendida ao sol. E em depois voltar a mergulhar no rio, e sentar-me de novo nas pedras, bem no meio do rio. Porque mesmo sem ter quem me chame da outra margem, decidi nadar pelo prazer de nadar. Sem pena de molhar a roupa.

 

 

Too many shadows in my room
Too many hours in this midnight
Too many corners in my mind
So much to do to set my heart right
Oh it's taking so long i could be wrong, i could be ready
Oh but if i take my heart's advice
I should assume it's still unsteady
I am in repair, i am in repair

Stood on the corner for a while
To wait for the wind to blow down on me
Hoping it takes with it my old ways
And brings some brand new look upon me
Oh it's taking so long i could be wrong, i could be ready
Oh but if i take my heart's advice
I should assume it's still unsteady
I am in repair, i am in repair

 

And now i'm walking in a park
All of the birds they dance below me
Maybe when things turn green again
It will be good to say you know me

Oh it's taking so long i could be wrong, i could be ready
Oh but if i take my heart's advice
I should assume it's still unready
Oh i'm never really ready, i'm never really ready
I'm in repair, i'm not together but i'm getting there
I'm in repair, i'm not together but i'm getting there


música: In Repair - John Mayer

publicado por blue258 às 00:10
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (23) | favorito
|
Terça-feira, 11 de Maio de 2010

Day #9 A song that makes me fall asleep

John Mayer - Gravity. Perfeita para aquele estado em que a consciência começa a flutuar no mundo dos sonhos. E esta voz...

 


publicado por blue258 às 21:20
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (7) | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Abril de 2010

E neste momento...

Só consigo pensar em como esta música me diz tanto. Tanto. Tanto. Em como me lembra uma altura em que me deixei levar, em como me queria deixar levar. E em como levaste... o meu coração. Desde aquele momento. Desde aquela altura. Malandro, porque o levaste, se não o querias? Agora devolve-mo, por favor. Devolve-me este coração que é parvo. Ou então fica com ele. É teu. Também não preciso dele.

 


publicado por blue258 às 00:49
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (9) | favorito
|
Terça-feira, 13 de Abril de 2010

Este sol, este calor, este dia lindo...

Pede praia, peles salgadas, beijos doces. Pede-te a ti.

 

 


publicado por blue258 às 14:32
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (4) | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

...


publicado por blue258 às 10:36
link do post | dá-me um pouco da tua cor | favorito
|

...

O burburinho. O fumo. O vinho.

O nervoso miudinho.

Emoções sentidas. Vividas.

E o tempo de um beijo perdido.

 


publicado por blue258 às 00:05
link do post | dá-me um pouco da tua cor | favorito
|
Terça-feira, 1 de Dezembro de 2009

Edge of desire

 

 

Não resisto a colocar hoje, a última música do mês de Novembro...

Novamente, sim... quando me parece tão certo...

 

And there's a full moon tonight...

 


publicado por blue258 às 22:47
link do post | dá-me um pouco da tua cor | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

E ontem...

Fui deitar-me... escondi-me do frio no quentinho... empurrei-me bem para o fundo da cama... e ali fiquei, a ouvir este álbum.

Fragilidades. Era o que importunava o meu pensamento. E sem querer, sinto o salgado que me escorre devagarinho dos olhos. Sem querer. Fragilidades. Todos as temos. Uns escondem-nas melhor do que outros. Fragilidades. Como é que uma simples palavra, seja ela proferida ou escrita, consegue despoletar subservientemente o que está imbuído na nossa constituição?

Mas a verdade é que o salgado deslizou até aos meus lábios... molhei-os então no que pensava eu ser salgado... no entanto, senti doce. Voltei a molhá-los... e sim, era doce que sentia...  e acabei por colocar esta música em repeat. Acompanhou-me toda a manhã... e agora, não resisto  a colocá-la aqui.

 

 

 


publicado por blue258 às 13:57
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (4) | favorito
|
Domingo, 29 de Novembro de 2009

From fireworks to fireplaces...

... Summer stole what fall replaces...

 

 


publicado por blue258 às 22:57
link do post | dá-me um pouco da tua cor | favorito
|
Sábado, 28 de Novembro de 2009

Can't seem to hold you like I want to

 

 


publicado por blue258 às 18:36
link do post | dá-me um pouco da tua cor | favorito
|

It's wanting more...

... that's gonna send me to my knees...

 

 


publicado por blue258 às 13:59
link do post | dá-me um pouco da tua cor | favorito
|

.10 anos, 10 razões :)

10 anos de Blogs do SAPO

.mais um pouco de azul


. procura-me

. segue-me

. 101 seguidores

.azuis recentes

. Say what you need to say

. ...

. Half of my heart is a sho...

. If you want more love,

. Estórias do rio

. Day #9 A song that makes ...

. E neste momento...

. Este sol, este calor, est...

. ...

. ...

.a cor da minha música

.pesquisa-me

 

.arquivos azuis

.azul também por aqui:

.links

.favoritos

. este mundo que nos ensina...

. passando, sem ficar.

. quando o medo te assalta.

. um abraço. o meu lugar.

. como comer sushi como um ...

. A Dani, segundo a MilVeze...

. ...

. abre parêntesis

. menos não (me) chega.

. 30 coisas sobre ti (que n...

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds