Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blue 258

Blue 258

...

29
Set20

"I'm not asking you to kiss me, nor apologize to me when I think you're wrong. I won't even ask you to hug me when I need it most. I don't ask you to tell me how beautiful I am, even if it's a lie, nor write me anything beautiful. I won't even ask you to call me to tell me how your day went, nor tell me you miss me. I won't ask you to thank me for everything I do for you, nor to care about me when my soul is down, and of course, I won't ask you to support me in my decisions. I won't even ask you to listen to me when I have a thousand stories to tell you. I won't ask you to do anything, not even be by my side forever. Because if I have to ask you, I don't want it anymore.”

 

 

...

24
Set20

«Tu não estás sempre no teu melhor. E não faz mal. Mesmo que sejas forte, mesmo que sejas grande, mesmo que acredites, mesmo que estejas bem, mesmo que tudo e tanto mais... Tu não estás sempre no teu melhor. E não faz mal. Há dias em que as forças te faltam. E não faz mal. Há dias em que a tua voz não consegue sair. E não faz mal. Há dias em que as lágrimas te aparecem sem aviso. E não faz mal. Há dias em que as tuas certezas são inseguras. E não faz mal. Há dias em que o teu caminho é perdido. E não faz mal. Há dias em que o chão te falha. E não faz mal. Há dias em que o medo te assalta. E não faz mal. Há dias em que o mundo te cansa. E não faz mal. Há dias em que o teu coração sufoca. E não faz mal. Há dias em que a tua alma dói. E não faz mal. Há dias em que tu não estás no teu melhor. E não faz mal.

Abraça-te. Permite-te não estar sempre no teu melhor. Tira esse peso de ti. Do teu coração. Da tua vida. Abraça-te. Refugia-te. Abriga-te. Nos lugares e nas pessoas (e nos lugares em forma de pessoas) onde podes descansar do mundo. Onde amas. Onde curas o que és. Onde voltas a ser tu, a estar no teu melhor. Porque, no final, talvez descubras que o teu melhor é o amor que te abraça quando tu não estás no teu melhor. Porque tu não estás sempre no teu melhor. E não faz mal.»

 

da minha daniela