Domingo, 7 de Março de 2010

«Moving at the speed of light, we are bound to collide with each other»

 

It's the sense of touch. In any real city, you walk, you know? You brush past people, people bump into you. In L.A., nobody touches you. We're always behind this metal and glass. I think we miss that touch so much, that we crash into each other, just so we can feel something.

 

Crash (2004)


publicado por blue258 às 23:52
link do post | dá-me um pouco da tua cor | favorito
11 comentários:
De Alex a 8 de Março de 2010 às 12:21
Com este vídeo, especialmente com "the sense of touch", lembrei-me disto que tinha nos rascunhos faz já algum tempo:

http://blowmymind.blogs.sapo.pt/93787.html

Não conhecia o filme mas pelo trailler parece-me filme pra fazer uma busca no google...


De blue258 a 8 de Março de 2010 às 12:53
Oh, lindo, adorei.
E se calhar tu vais perceber isto (tem muito a ver com Touro, não sei se também és assim) - posso ter um sentimento por alguém, e tu sabes como nós somos em relação aos sentimentos: não cedemos a nossa atenção, amor ou carinho, assim, facilmente, mas quando a damos, damos. Mas eu tenho notado que o sentimento, pelo menos o meu, parece viver de beijos e abraços - que se os não tiver, o sentimento esmorece. É preciso esse sense of touch. Am I making any sense?

Faz a busca - acho que vais gostar. É um dos meus filmes preferidos - revi-o ontem (também tive de fazer o download - devo ter emprestado o original - ontem não o encontrei em lado nenhum).


De Alex a 8 de Março de 2010 às 16:00
You're making ALL THE SENSE... :)
É mesmo isso, não nos entregamos a alguém facilmente mas quando o fazemos damos tudo. Todas as relações, por nós, são "para toda a vida"...não vemos mais nada...porque só assim faz sentido uma relação, o amor.
Repito que não reclamo o exclusivo do "toque", mas que é essencial para nós, Touro, é.  Eu sempre aviso que sou muito "físico" que é para se irem habituando... :D


De blue258 a 8 de Março de 2010 às 17:06
:)

"Todas as relações, por nós, são "para toda a vida"...não vemos mais nada...porque só assim faz sentido uma relação, o amor."
Subscrevo inteiramente. E isto que dizes, transporta-me no tempo - faz-me lembrar como sempre fui, como sou e porque sou como sou.

"Eu sempre aviso que sou muito "físico" que é para se irem habituando..."
Se calhar eu também devia avisar, que é para saberem com que contar. ;))


De Carlos a 8 de Março de 2010 às 14:28
adoro esse filme. é mesmo dos melhores filmes de sempre.


De blue258 a 8 de Março de 2010 às 19:17
é muito bom, sem dúvida - um dos meus preferidos


De S a 10 de Março de 2010 às 11:59
Nunca vi este filme, o que é estranho, visto ser com imenso actores conhecidos...


De blue258 a 11 de Março de 2010 às 00:29
É bom, vê, a sério, é muito bom.


De S a 11 de Março de 2010 às 19:51
eu lembro-me de ouvir falar dele, não sei porque não o vi...


De blue258 a 15 de Março de 2010 às 11:42
podes sempre ver agora - é muito bom


De S a 18 de Março de 2010 às 11:34
tenho que ver se o encontro.


Colorir

.10 anos, 10 razões :)

10 anos de Blogs do SAPO

.mais um pouco de azul


. procura-me

. segue-me

. 104 seguidores

.azuis recentes

. Crónica de uma morte anun...

. Hoje foi o dia

. Where’s the light I used ...

. Maio

. And I'll do it a thousan...

. Abril

. ...

. Diz que é dia mundial do ...

. Só porque sim

. Para ti, enquanto não dou...

.a cor da minha música

.pesquisa-me

 

.arquivos azuis

.azul também por aqui:

.links

.favoritos

. este mundo que nos ensina...

. passando, sem ficar.

. quando o medo te assalta.

. um abraço. o meu lugar.

. como comer sushi como um ...

. A Dani, segundo a MilVeze...

. ...

. abre parêntesis

. menos não (me) chega.

. coisas sobre ti (que nunc...

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds