Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blue 258

Blue 258

Foda-se. Or fuck it. O que vos parecer mais adequado.

23
Mar11

A minha ligação à net é uma valente merda. Ando a pagar 25 euros por mês, sim, leram bem, 25 euros por mês para ter uma ligação de merda. Kanguru, não fosse a merda do contrato, mandava-te saltar para o c@ralho. Que é como quem diz para a Austrália.

 

Sinto-me exausta.  Tenho andado às voltas com processos, direito fiscal e o caralhinho mais velho. Ando a deitar-me tarde e a más horas e a levantar-me cedo. O que se faz para ajudar os amigos. Isto hoje chegou ao ponto de me sentar no sofá da sala, a ver o noticiário, à espera de ouvir o Sócrates e a lutar contra os olhos que se queriam fechar. Acabei mesmo por adormecer. E ainda só é quarta-feira...

Levanto-me e vou para o quarto. Deito-me na cama, ainda vestida, cubro-me com um edredon sem querer saber se dormiria apenas umas horas ou até de manhã. Não consegui dormir. Fechava os olhos e pensava num monte de merdas que nem têm directamente a ver comigo. Foda-se. Levanto-me, sento-me em frente ao pc. Lá comento num blogue no qual já não passo há montes de tempo. Perco-me com as músicas. Mas a cabeça a modos que não pára de moer. E depois a má disposição. O jantar que parece estar a querer dar a volta no estômago. A vontade de vomitar... foda-se!

 

Li algo aqui há dias num blogue que me ficou na cabeça. E não é que não me consigo lembrar em que raio de blogue foi?

 

Tenho uns 3 ou 4 posts para escrever. Ora, para quem tem escrito tão pouco, era de aproveitar a inspiração. E vontade? Nenhuma. Dá-me é para escrever um post destes, com uma linguagem tão linda, como já não escrevia há não sei quanto tempo. Mas sabem que mais? Gostei. Tinha saudades de escrever assim.

 

 

 

E aquela lua, aquela...

22
Mar11

 

*

 

 

 

A28, noite de sábado: era algo assim que eu via. Não podia parar para fotografar, mas guardo o momento na memória. Bem guardado. A vida é mesmo feita de momentos.

 

Linda. Enorme. Os tons alaranjados a rasar o horizonte. E nós a caminho do Porto. E eu perdida a olhar para ela. Perdida a pensar em ti. E passei a noite toda a querer roubar um beijo. Um beijo.

 

 

Ao voltar, quero crer que a lua fugiu para o mar. Não voltei a pensar nela,  nem a voltei a ver até chegar a casa. Espelhava o mar de prata de uma forma que eu nunca antes tinha presenciado.

 

 

 

*imagem retirada da net

Aí está ela, a Primavera

21
Mar11

E com ela, este sol, este calor, e aquele puto insolente, de arco na mão, a disparar flechas ao acaso e a complicar-nos a vida. Deixo-vos desde já o aviso para protegerem o coração. O meu está revestido a aço blindado e a muralhas de gelo. Por dentro e por fora, não vá o diabo tecê-las...

 

 

 

 

P.S. É que mesmo em casa, quer-me parecer que não estamos a salvo. No sábado à tarde, a fazer a limpeza da casa, de janelas abertas, de vez em quando tinha o reflexo de me baixar e esquivar ao que, pensava eu, poderia ser uma flecha vinda de lá de fora. Riam-se, vá, riam-se. Quando vos acertar... até choram.

 

...

17
Mar11

I used to write,
I used to write letters I used to sign my name
I used to sleep at night
Before the flashing lights settled deep in my brain

But by the time we met
By the time we met the times had already changed

So I never wrote a letter
I never took my true heart I never wrote it down
So when the lights cut out
I was left standing in the wilderness downtown

 

 

Let's fall asleep. Let's fall in love.

14
Mar11

Deixa-me adormecer nos teus braços. Deliciar-me com o cheiro da tua pele, beijar-te o ombro, quiça o pescoço, voltar ao ombro outra vez e pousar a cabeça no teu braço. Ver-te sorrir, de olhos fechados. Sorrir eu também. Abraçar-te ainda mais contra mim, e adormecer de sorriso nos lábios. Deixa-me adormecer nos teus braços.

 

 

 

It's like i've come undone
And i've only just become
Inflatable for you

 

O blogue fez dois aninhos...

08
Mar11

 

E eu deixei passar a data em branco. No início do mês, ou melhor, na semana passada, pensei: estou a esquecer-me do aniversário de alguém. De quem será? Afinal, era o da Blue. Vamos festejar: morangos e champagne. É a vontade que tenho. 

 

E pensar que este blogue já foi pele, paixão e...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[imagem retirada da net]

E a Lolita...

03
Mar11

A Lolita, conseguiu roubar-me a concentração. Abaixo de zero, foi esse o nível de concentração durante o resto da tarde. E a Lolita, deu-me vontade de encurtar a semana, que é como quem diz, antecipar o fim-de-semana. Dar o tiro na sexta-feira, basicamente. Fazer  60 kms e raptar alguém na saída do trabalho.

 

 

E bem dizem que uma imagem vale por mil palavras. Esta então... Esta.

 

 

Pág. 1/2