Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blue 258

Blue 258

Tu

04
Mai21

Não te conheço

Não sei o teu cheiro

Não sei o sabor da tua pele

Mas é o teu colo que eu quero. É no teu colo que eu penso quando me sinto pequenina (sim, eu, a sentir-me pequenina). É no teu colo que eu penso quando os dias estão mais do que cinzentos (tu sabes bem do que falo, aqueles dias cinzentos). Quando o peso da escuridão se abate sobre nós, é no teu colo que eu penso. E tudo aquilo que eu não conto a ninguém, aquilo que nem a mim própria assumo. Mas por vezes é em ti que penso.  E é o teu colo que eu quero agora.

E eu não te conheço.

E eu não sei o teu cheiro.

E eu não sei o sabor da tua pele.