Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010

Uma longa viagem

Percorreste um longo caminho para chegar até mim. Encontraste-me estendida no chão frio de um quarto escuro. Desolada. O sol não chegava até mim, não me tocava na pele, não me iluminava o olhar, não me temperava a alma. Mas tu chegaste até mim. Abriste logo a porta,  e entraste  de rompante, oferecendo-me o teu calor, envolvendo-me. Tocaste-me ao de leve, na pele gélida. No mesmo sítio onde  pousaram os teus dedos,  os tons transmutaram-se de azuis árcticos para vermelho sangue. Ajoelhaste-te junto de mim. Encerraste o meu mundo no teu abraço. Num só abraço. Abraçaste-me, e senti  o recobrar das forças.  Beijei a tua respiração, e o impulso propagou-se  freneticamente pelo meu corpo. O teu fôlego reacendeu em mim a ânsia de viver. De correr, saltar, cair e levantar de novo. A tua pele tocou a minha, e o teu perfume enfeitiçou-me. Com o teu olhar, eu voltei a ver. Os meus olhos beberam dos teus e eu voltei a sorrir.

 

Fiz uma longa viagem até ti. Cresci. Em mim. Em ti. O percurso fez-se doce, em passos embalados pela ternura. Em mel. E é a caminhada que fizemos lado a lado que importa. O céu estrelado sob o qual perdemos o fôlego. O amor sob a luz da lua. Essa viagem. A nossa.  Só nossa. Uma longa viagem.

 

 

Blue258, para Fábrica de Letras

 

 

 


publicado por blue258 às 00:05
link do post | dá-me um pouco da tua cor | favorito
11 comentários:
De meldevespas a 19 de Agosto de 2010 às 09:45
Profundo e sensual.
Cada passo, cada opção, cada momento acaba por ser uma viagem em nós.
Muito bonito
Beijo


De As Palavras não tem Sono a 19 de Agosto de 2010 às 09:53
Há toques que nos acordam... nos despertam...nos fazem reviver!
Gostei do que li. Muito bom e muito bem redigido!

SC


De blue258 a 19 de Agosto de 2010 às 14:34
Olá e obrigada pelo comentário. Adorei esta iniciativa da Fábrica de Letras, e de resto, é permitir que a inspiração dite o que escrevemos no momento.
Mas é tão bom sabermos que gostaram do que escrevemos. Obrigada.


De blue258 a 19 de Agosto de 2010 às 14:36
Olá! Obrigada. Sabes que é a segunda vez que participo, e desta vez não me sentia muito inspirada, estive quase para não publicar. Ainda bem que gostaste :)
Beijo


De Daniela Barreira a 19 de Agosto de 2010 às 14:01
está tão... tão.
és grande no que escreves :)


De blue258 a 19 de Agosto de 2010 às 14:29
tu mimas-me com os teus comentários. mimas-me :)
obrigada, és uma querida.


De Daniela Barreira a 19 de Agosto de 2010 às 14:35
mimo-te :)
nada que não me faças também :)
não agradeças. é gratis, como os abraços :)


De blue258 a 19 de Agosto de 2010 às 14:38
:)
é grátis, sentido e recíproco. é perfeito. como os abraços. aqueles.


De Daniela Barreira a 19 de Agosto de 2010 às 14:41
faço das tuas as minhas palavras. é isso, tal e qual. daqueles :)


De S a 24 de Agosto de 2010 às 00:54

tão lindo =)


De blue258 a 26 de Agosto de 2010 às 21:47
:)


Colorir

.10 anos, 10 razões :)

10 anos de Blogs do SAPO

.mais um pouco de azul


. procura-me

. segue-me

. 106 seguidores

.azuis recentes

. Das palavras que poderiam...

. ...

. Dos abraços

. ...

. Crónica de uma morte anun...

. Hoje foi o dia

. Where’s the light I used ...

. Maio

. And I'll do it a thousan...

. Abril

.a cor da minha música

.pesquisa-me

 

.arquivos azuis

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.azul também por aqui:

.links

.favoritos

. este mundo que nos ensina...

. passando, sem ficar.

. quando o medo te assalta.

. "menina dos abraços"

. como comer sushi como um ...

. A Dani, segundo a MilVeze...

. ...

. abre parêntesis

. menos não (me) chega.

. há quem diga.

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds