Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blue 258

Blue 258

...

08
Jan11

Há pessoas que entram na nossa vida como se entrassem em nossa casa. Abrem a porta e entram. Sem cerimónias, sem pretensões.

Vão à cozinha, abrem os armários, pegam na loiça,  e servem-se. Bebem, comem, dançam e cantam até o dia raiar. Fica  depois a loiça por lavar,  a ordem das nossas coisas alterada, e até os móveis fora do lugar.

E, nós, ficamos ali, no meio da sala, a contemplar o rasto de confusão que lhes sucede, enquanto que vemos essa pessoa sair. E ficamos ali, parados, quietos, sem dizer uma palavra, quando o que devíamos fazer era sair porta fora e correr atrás dela.

 

 

11 comentários

Comentar post