Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blue 258

Blue 258

Cartas à Mil Vezes Mais #2

01
Fev11

Minha querida MVM,

 

Ainda na semana passada te escrevi, e hoje, sinto ter de te escrever de novo. Apetece-me reler. Reler-me. Relê-lo. Mas sei que no meu blogue não consigo voltar atrás. Não me sinto capaz de reler o tanto que escrevi. Apetece-me voltar atrás no dele, encontrar de novo os pedacinhos que foram meus, que são meus ainda. Sinto que ao mergulhar neles de novo, o sinto mais vivo, mais presente em mim. E sinto precisar disso: de o sentir vivo em mim. De o sentir mais perto.

Amanhã é quarta-feira, e havia um ritual de lhe ligar quase todas as quartas-feiras. E hoje ainda é terça-feira... e já me apetece ligar-lhe. MVM, eu não posso ligar-lhe todas as semanas! Eu não posso dizer-lhe que o quero ouvir, uma vez mais. Eu não quero que pense que...

Que raios faço eu com esta vontade... que me aparece, assim, de mansinho... por vezes ao cair da noite, outras logo ao acordar? Que raios se faz com este sentimento que nos inunda a alma? Será da fase da lua? Do movimento da Terra? Do alinhamento dos planetas? O que será que volta a acordar aquilo que eu pensava adormecido?

Sabes o que seria perfeito? Embalar esta melancolia no doce colo dele. Perfeito. Perfeito. Perfeito. Seria... perfeito. Sim... Perfeito.

 

 

Um abraço, Blue.

 

 

P.S. A nossa amiga Dani, tem o dom de acertar nas músicas. Regra geral, traduzem o que sinto, o que estou a sentir, os caminhos por onde o pensamento se emaranhou de novo nas recordações. Ontem, colocou-me este link, assim, de mansinho, sem dizer nada. Parece que adivinha. Desta vez antecipou-se. É a música que oiço agora enquanto te escrevo. São as notas desta música que acariciam o contorno do rosto dele... tão presente ainda. Tão... tudo.

 

 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.