Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blue 258

Blue 258

Uma árvore ao cair numa floresta vazia, faz barulho?

05
Mar09

A questão existencialista da árvore que cai numa floresta vazia assemelha-se em todos os sentidos ao criar um blog - sejam comentários, opiniões, desabafos, críticas, quer-se escrever para libertar tudo aquilo que nos vai na alma, expurgar todos os medos, dar voz ao "eu" que vive acorrentado cá dentro. Será então que alguém nos lê?  Podemos até perguntar se se alcança o efeito pretendido: se a mensagem que se quer transmitir chega realmente ao seu destino. Ora, a árvore quando cai provoca efectivamente barulho, mesmo que não esteja lá ninguém para ouvir. Não se pode negar que a árvore ao cair provoca um efeito em todos os elementos que a rodeiam - isso é físico, é real. Basta imaginarmo-nos lá - e graças a essa maravilhosa ferramenta que é a imaginação - sentimos o forte embate no chão; o vento, as folhas e a poeira que se lançam em todas as direcções; toda uma vida vegetal que se ressente do impacto e toda uma vida animal ora surpresa ora em fuga. Colocar essa simples questão provoca em mim o terramoto mental deste turbilhão de imagens que se sucedem.  

Será que existe alguém por aí que me leia, que se interesse por aquilo que tenho a dizer, que se possa até identificar comigo, ou será que o que escrevo ecoa na solidão? Tal como a árvore que cai, o blog efeitos provoca - sentada em silêncio, penso, imagino, liberto-me; falo, converso, discuto, grito; revelo-me aos outros e a mim própria. Acima de tudo, a árvore ao cair no chão sentiu ela própria a sua queda - com todas as moléculas do seu ser - e com todas as moléculas do meu ser também eu sinto e oiço as correntes que até agora me prendiam tombar no chão.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.