Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blue 258

Blue 258

...

07
Set10

Encontros. Não importa o género, a crença, o modo de vida. Encontros. Dão-se. Sem saber como ou porquê, se as coincidências operam ou não. Encontros. Que juntam alguém à nossa vida. Que acrescentam.

 

 

 


The past, the present,
And the future,
Are all side by side,
Hand in hand.
You move and change,
Yet you go nowhere:
Everything stays the same.
You stare at me,
And ask me questions,
Makes me nervous,
This room it keeps a constant tone
While I'm on a roller coaster

 

 

Life should be a fucking roller coaster. Happy b-day, Di. Enjoy life.

 

B-day (yesterday)

13
Mai10

As vinte e quatro horas do dia, foram recheadas com carinho e muito mimo. Tudo começou logo depois da meia-noite, para grande surpresa minha, devo confessar. Não esperava, e quando não se está à espera, parece que sabe ainda melhor. Conseguiu potenciar a boa disposição dos dias anteriores. De resto, o dia foi pautado por um belo almoço,  bolo de moka e nozes, orquídeas - brancas com laivos de rosa - lindas, lindas, rosas cor-de-rosa - sim, o rosa esteve em força... Notas de perfume e alegria. Muitas.

À noite, mojitos, como não podia deixar de ser. No entanto, o cansaço já se começava a apoderar de mim, nas últimas horas do dia. O cansaço e... não só. Subimos a Santa Luzia: imprescindível. A cidade a coberto da noite. As luzes. Mas como o ânimo era geral, a noite ainda não ia ficar por ali. Rumamos a Vila do Conde - Mcdrive - ah pois é,  junk food. Pois é... mais de meio ano sem comer um hambúrguer do Mcdonalds... ontem foi dia e noite para tudo.

Depois cruzamos a Póvoa com a música em altos berros dentro do carro. A D., estava em êxtase. E eu senti-me feliz por se estarem a divertir. Muito.  A boa disposição que não nos abandonava... de modo algum. De seguida, deixar a D. em casa, despedir-me, voltar para casa e atirar-me para a cama. Apaguei em segundos... pelo menos não me lembro de muito mais.

Um dia em grande, sem dúvida. Se me faltou alguma coisa? Faltou. Faltou apenas aguardar o nascer do dia junto à praia. Envolvida por uma doçura ainda maior.

 

Meus amores

12
Mai10

Decido escrever-vos agora, antes de almoçar, leia-se, antes de beber um belo de um maduro e ficar toda alcoolicamente destravada, para vos agradecer o carinho e a atenção recebida via blog, via mail, via facebook.

Um grande abraço. Beijos :)

 

 

P.S.: E o telemóvel começou a tocar às 8 horas em ponto: obrigada, D., por me acordares de mais um sonho, este, vá-se lá saber com quem.