Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blue 258

Blue 258

Direito de resposta (palpita-me que seja a parte I)

02
Abr10

 

Há umas coisinhas que não percebo. Em primeiro lugar, há blogues dos quais eu gosto, outros que nem por isso. São gostos, quanto a isso todos os temos. Mas se há coisa que eu não faço, é andar pelos blogues dos outros a destratar quem lá comenta, a gozar com os nicks de cada um, e muito menos a criticar o que lá é escrito. Oiçam lá: se não gostam do que se escreve em determinados blogues, porque é que lá vão ler e comentar? Porque não têm nada melhor para fazer?

Quanto a mim, que fique claro: sempre respondi correctamente aos comentários no meu blogue, e sempre que comentei nos dos outros, fui correcta. Aliás, mesmo nos emails enviados para o mail do blog, fui sempre correcta, até ao momento em que achei que era melhor nem responder. Para quem continua a insinuar que não insultou ninguém, para quem manda recadinhos por outras vias que não a directa e a mais formal, aqui fica o meu direito de resposta a algo que dizem ser inexistente.

 

 

Email )

Who cares?

29
Mar10

E eu agora, podia dizer tanta coisa... soltar o nó que me atravanca as palavras na garganta. Mas lá está, a D. afinal tinha razão - eu não desabafo com ninguém. Que isso não é lá muito bom, até eu sei, mas que raios vou eu fazer se continuo  a ver provado que não posso confiar nas pessoas? Que raios vou eu fazer se mesmo a companhia dos amigos me tem deixado deprimida? Porra, para vir de lá ainda mais em baixo, a sentir-me de rastos - estou bem melhor sozinha e/ou em casa. Foda-se que só me apetece fugir para bem longe. Dar uma volta de 360º à minha vida. Sim, de 360º - mudar tudo, completamente. Virar a vida do avesso.

 

 

E sim, o nível do Português neste blogue está em alta - já deu para reparar.

E mais:  estimo que quem se sentir incomodado se foda.

Para alguma coisa devem servir os dedinhos, o rato e aquele quadradinho vermelho com a cruzinha branca no canto superior direito.