Terça-feira, 9 de Novembro de 2010

Das cabeceiras de cama antigas

Em madeira. Todas trabalhadas. De dormir em casa de uma amiga outra vez. Dos amigos que sabem não nos deixar sozinhos mesmo quando somos capazes de dizer que não precisamos, que estamos bem, quando não estamos, quando precisamos deles. Quando não nos bastamos.

 

 


publicado por blue258 às 21:25
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (1) | favorito

E a chuva lá fora

Lareira acesa. Pés descalços. Vinho italiano e a melhor das companhias.

 


publicado por blue258 às 00:45
link do post | dá-me um pouco da tua cor | ver outras cores (8) | favorito

.10 anos, 10 razões :)

10 anos de Blogs do SAPO

.mais um pouco de azul


. procura-me

. segue-me

. 107 seguidores

.azuis recentes

. Das cabeceiras de cama an...

. E a chuva lá fora

.a cor da minha música

.pesquisa-me

 

.arquivos azuis

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.azul também por aqui:

.links

.favoritos

. este mundo que nos ensina...

. passando, sem ficar.

. quando o medo te assalta.

. "menina dos abraços"

. como comer sushi como um ...

. A Dani, segundo a MilVeze...

. ...

. abre parêntesis

. menos não (me) chega.

. há quem diga.

.tags

. todas as tags

SAPO Blogs

.subscrever feeds