Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blue 258

Blue 258

E o blogue também se transforma

25
Set10

Porque é meu. Porque faz parte de mim. Porque me acompanha, registando aquilo que eu lhe dito que pode registar.  Porque exala perfume, descobre a paixão da pele, guarda o cheiro de uma memória. Porque marca o passar dos dias, desenha as estações do ano ao de leve e escreve o que me vai na alma.

 

 

«A gramática, definindo o uso, faz divisões legítimas e falsas. Divide, por exemplo, os verbos em transitivos e intransitivos; porém, homem de saber dizer tem muitas vezes que converter um verbo transitivo em intransitivo para fotografar o que sente, e não para, como o comum dos animais homens, o ver às escuras. Se quiser dizer que existo, direi "Sou". Se quiser dizer que existo como alma separada, direi "Sou eu". Mas se quiser dizer que existo como entidade que a si mesma se dirige e forma, que exerce junto de si mesma a função divina de se criar, como hei-de empregar o verbo "ser" senão convertendo-o subitamente em transitivo? E então, triunfalmente, antigramaticalmente supremo, direi "Sou-me".»

 

Fernando Pessoa

 

Minha gente #5

18
Abr10

 

 

 

Sexta-feira: mojito night.

Viana do Castelo: El recanto de Cuba.

Noite fenomenal. Fora de série. Mesmo.

Os mojitos, deliciosos, o ambiente, mais do que agradável, e a música ao vivo, algo de extraordinário. O requinte do violino, o encanto do trompete, o poder do trombone e o jazz do saxofone. A primeira música: Summertime. Adorei. Não poderia ter sido melhor*. Recomendo vivamente.

 

 

 

 

Posso dizer-vos, que aqui, a prova foi superada. Resisti a fumar facilmente. Entretanto, a D., lembra-se que é a noite da mulher no Buddha Bar, na Póvoa. E... lá fomos. Em 1º lugar, posso dizer-vos: cha-va-la-da. Era o que mais se via. Em 2º lugar, também vos posso contar: mantive-me fiel aos sabores de Cuba - rum e cola - cuba livre. Em 3º lugar, também vos digo: dancei. Como já não me lembrava de dançar. Até às 6 horas da manhã. Em 4º lugar, grande fail: fumei. Em 5º lugar, o que realmente importa: grande noite. Ou noite em grande.

 

*É claro que poderia...

 

 

Cusquices

12
Out09

Entrei num blogue, daqueles que tem aquela caixinha que indica a localização dos visitantes - apreciei, e o que é que reparei: dizia Ponte de lima, Viana do Castelo. Hello? Como? Tudo bem que Ponte de Lima é perto, cerca de uns 30, 40 quilómetros - mas daí a identificar-me como sendo de lá, não pode estar mais longe da verdade.

 

Agora percebo, a boca que me mandaram uma altura a respeito de Ponte de Lima - e ainda dizem, os homens, claro, que não são cuscos - pois, claro, sim, sim. Mas o facto é que sou mesmo de Viana.

 

Beijos, de Viana ;)